top of page

07 PASSOS DO PROJETO PARA REFORMAR O APTO!


Apto 1110 | Projeto Thaís Dias e Najara Paixão

Organizar a sequência do que é importante fazer antes de começar qualquer reforma vai trazer clareza e controle das etapas, duas coisas que são fundamentais na organização de uma obra. E se você é uma pessoa que busca se planejar e deixar cada coisa em seu lugar, esse post vai te ajudar.


Separei os 07 passos importantes do projeto à obra para você entender o que é necessário fazer para ter um resultado melhor no momento que iniciar a reforma.


01. Separar todos os dados que você tiver

Sempre que trabalhamos dentro de um apartamento, estamos lidando com um prédio com uma infinidade de instalações, por isso é super importante ter em mãos os documentos da construtora. Normalmente ele é entregue junto da chave quando você compra. Além disso, fotos e vídeos que você mesmo pode tirar são elementos simples, mas que vão fazer toda diferença na hora que o seu arquiteto precisar entender as particularidades do lugar.


2. Determinar o que você quer mudar

Mais uma atividade que parece simples, mas faz bastante diferença é anotar as mudanças que você gostaria pro espaço, pode ser em formato de lista. Isso ajuda bastante para estabelecer prioridades, compreender como vai ser possível trabalhar em cada um dos desejos e o que são necessidades primordiais pra você e sua família; necessidades pessoais, as quais tem a ver com particularidades de cada pessoa que usará o espaço; e necessidades coletivas.




3. Separar imagens de referência e se preparar para o Briefing

Quando você tem em mente imagens do que gosta, isso estimula seu lado criativo e traz um ânimo e empolgação de saber que potencialmente seu apto também vai ser transformado para melhor.

Pra quem nunca contratou um arquiteto: o briefing nada mais é que uma reunião, onde você vai conversar sobre o que deseja, o que precisa, como é o seu dia a dia, o que é importante pra você. É um aprofundamento em quem você é e qual sua história. E isso é importante no momento de transformar um espaço para ter a sua cara, então a palavra de ordem do Briefing é: aprofundamento. É importante que seja uma reunião mais profunda, onde se fala não somente de questões estéticas, mas bem estar, características pessoais e particularidades.



4. Projeto Conceitual - 3d

Após a coleta de informações realizada no Briefing, é hora de fazer a proposta de projeto pro apartamento. Nessa parte é muito importante que tudo que o arquiteto precisa tenha sido passado pra ele: desde as documentações iniciais até a especificação dos eletros, como o cooktop que você deseja, por exemplo. Justamente porque todos os mínimos detalhes de projeto entram no desenvolvimento do 3d.


Existe uma boa razão para você ter a visualização do projeto como uma das etapas mais importantes: é ela que vai te dar certeza de que o planejamento do espaço está indo no caminho que você deseja. Portanto, acabamentos de cor de parede, revestimentos, especificações de MDF para marcenaria, eletroeletrônicos, móveis soltos e planejados vão aparecer na proposta e é importante que seja o mais fiel possível à realidade para que, futuramente, o projeto e o executado sejam bem alinhados e semelhantes.

Etapa de Conceito em 3d | Projeto: Thaís Dias Arquitetura e Interiores
Sala de Estar executada | Foto: Susan Valentim

5. Projeto Final

A etapa anterior, de Conceito em 3d, te dá visão suficiente para aprovar ou solicitar alterações, quando for o caso.

A partir do momento que o projeto é aprovado, o Projeto Final entra em ação, e ele nada mais é do que tudo que você vai precisar para qualquer reforma: Plantas de todas as intervenções que o apartamento vai passar, Detalhes de marcenaria, Especificações dos móveis. Ele é o caderno manual para que o projeto saia do papel.


É bastante importante que o profissional realize com precisão, portanto acaba tendo um prazo maior dentro do projeto como um todo, devido à exigência de atenção e revisão de todas as informações.

#AquiNoEscritório: Costumamos explicar para o cliente todas as plantas que ele precisa e porque precisa na nossa primeira reunião, com base no levantamento de dados enviado nos formulários e nas primeiras conversas, então nessa altura do campeonato, ele já está ciente de tudo que está sendo elaborado. Se você tem alguma dúvida, pergunte ao seu arquiteto, cada profissional tem uma forma de trabalho diferente.


6. Orçamentos e Escolhas de fornecedores

Quando o projeto está oficialmente pronto e entregue pra você, vem a etapa de estabelecer os orçamentos necessários para a execução da obra, nesta fase constam o orçamento da obra em si, da marmoraria, da marcenaria, dos revestimentos de pisos e paredes, da iluminação, dos móveis soltos, dos eletrodomésticos e da decoração.


Em suma, no projeto já tem um grande direcionamento de quais são os acabamentos e elementos técnicos você vai comprar, mas ainda assim existem diversos fornecedores e essa é a hora de garantir empresas e terceirizados que saibam realizar um trabalho com qualidade para que tudo seja bem executado.



7. Acompanhamento de Obra

Após a escolha dos fornecedores e da empresa que executará a obra, ela pode oficialmente começar. Cada condomínio tem uma política particular de obra e uma burocracia administrativa para aprovação da mesma, por isso é importante não somente você ter um arquiteto responsável pelo PROJETO de interiores, como um engenheiro/arquiteto responsável pela execução da OBRA. São atividades diferentes, o primeiro é responsável pelo projeto e o autor principal, que vai acompanhar para retirada de dúvidas e necessidades que possam acontecer na reforma; e o segundo é o responsável pela reforma, pela equipe, pelo acabamento e pelo gerenciamento geral de tudo que vai acontecer nessa etapa.

#AquiNoEscritório: Nós trabalhamos com o desenvolvimento do projeto e o acompanhamento da obra como atividades distintas. Primeiro o cliente fecha o projeto e após a finalização dele, passamos para a etapa de acompanhamento da obra. A logística organizacional funciona super bem com essa distinção de atividades.
E quanto à execução da obra: indicamos fornecedores que trabalham exclusivamente com essa parte de obra/reforma.

Se você leu até aqui, espero que tenhamos conseguido dar uma luz e ajudado a compreender as etapas de desenvolvimento do projeto. E principalmente, entender o quanto todo esse planejamento é importante para o momento que a obra iniciar.

Comments


bottom of page